Como aumentar a vida útil do pavimento em rodovias

Uso da manta geotêxtil no recapeamento asfáltico

A malha rodoviária é o coração da nossa economia, o caminho que uni nossa sociedade. Porém, milhões de quilômetros de pavimentação, que fazem o transporte possível, estão constantemente sob ataque. Buracos, rachaduras e trincas ameaçam a eficiência do transporte rodoviário.

Dois dos principais fatores que geram esses problemas são:

  1. Oxidação
  2. “O asfalto é basicamente e principalmente uma mistura complexa de hidrocarbonetos compostos de moléculas de hidrogênio e carbono e de produtos nitrogenados. Esses hidrocarbonetos são aromáticos (benzênicos e naftênicos) e alifáticos (cíclicos e acíclicos). Não tem uma fórmula química particular devido ser uma mistura e, também, as proporções de cada hidrocarboneto variam para cada origem do cru objeto do refino.

    Em contato com o oxigênio alguns hidrocarbonetos de peso molecular baixo reagem incorporando os átomos de oxigênio promovendo uma reação conhecida na Química como OXIDAÇÃO.” (DER-PR)

    A oxidação do asfalto faz com que o pavimento perca os elementos que o fazem flexível, deixando-o mais propenso a rachaduras e trincas sob pressão. Esse fator pode ser acelerado pelo clima tropical brasileiro.

  3. Chuva
  4. As águas das chuvas, quando não drenadas rapidamente, enfraquecem a capacidade de suporte do pavimento devido as infiltrações no solo.

    No Brasil, para solucionar esses danos gerados ao pavimento, é comum o recapeamento asfaltico com aplicação da nova capa diretamente sobre a velha. Essa solução é eficaz no curto prazo, pois em rodovias frequentadas por caminhões, a pressão exercida sob o recapeamento faz com que as trincas do pavimento antigo se propaguem ao novo, gerando rapidamente os mesmos problemas.

    Em alguns países, é utilizado o geotêxtil não tecido, um geossintético com propriedades mecânicas e hidráulicas, para reduzir a fissuração reflexiva do pavimento, quer na construção de novas estradas quer na manutenção de estradas pré-existentes.

    De acordo com a NTC Brasil, líder do mercado nacional na distribuição de geossintéticos: “…a manta geotêxtil é amplamente utilizada nas rodovias brasileiras em drenos longitudinais profundos (DLP), auxiliando a drenagem das águas pluviais, mas ainda não são largamente aplicados no recapeamento asfáltico.”

    Com o uso do NTCGeo (geotêxtil não tecido) como camada de proteção e separação entre o pavimento e o solo é possível aumentar a durabilidade da rodovia a um custo beneficio muito mais atrativo no longo prazo.

    Camadas do Asfalto

    O geotêxtil é instalado entre o pavimento antigo e a nova capa, retardando assim o reaparecimento das trincas e aumentando a vida útil do asfalto. O uso da manta geotêxtil ajuda absorver o stress causado pelo trafego, a drenar a agua da chuva e a reforçar a rodovia.

    Como aumentar a vida útil do pavimento em rodovias

Faça um orçamento
direto pelo WhatsApp!
WhatsApp